Menu fechado

Bate-Papo com Vet: Como funciona a cromoterapia para pets?

OM Vet

Dra. Elisângela Tavares explica os benefícios da cromoterapia.

1. Como funciona a cromoterapia para pets?

A cromoterapia não abrange só a parte da saúde, mas também pode ser utilizada em casa, na sua empresa, para manter o equilíbrio psicoemocional, pois tem várias formas de utilizar os benefícios das cores nos objetivos que a gente deseja. Na área da saúde, para tratar os animais e as pessoas, usamos as frequências vibracionais das cores (veja a seguir o significado de cada uma delas), através das luzes. Cada cor tem propriedades que usamos para atingir o objetivo e o tratamento desejado. Para isso são usadas algumas ferramentas, como lanternas, lâmpadas, bastão de cristal, água solarizada – onde neste caso, é impregnada a frequência da cor que queremos utilizar para o tratamento. Também pode ser usada à distância e não somente presencial uma vez que todas essas terapias têm um embasamento quântico, onde não existe tempo e distância. Trata-se de uma terapia bem antiga, já utilizada pelos povos egípcios, gregos e civilizações que nem existem mais. Hoje estamos resgatando essas terapias. E a cromoterapia é uma das terapias utilizadas para fazer tratamentos preventivos  e manter a saúde e o equilíbrio do organismo.

2. Quais os benefícios?

Essa terapia é bastante benéfica para os animais porque é bem delicada e suave, apesar disso, conseguimos resultados bem significativos e intensos para os animais. Não é invasiva, eles ficam bem confortáveis durante a sessão. É extremamente relaxante porque eles reconhecem o tratamento com essas energias sutis. Assim é possível tratar animais ariscos, silvestres, etc. Em casos que não é possível se aproximar do animal, podemos colocar a luz no ambiente. São os animais que acabam direcionando a gente no tratamento, nos indicando através de seus comportamentos quais luzes que eles preferem ou que não aceitam, além do tempo do tratamento. Eles são bastante responsivos e temos resultados muito positivos.

3. Essa terapia pode ser associada à outras, como fitoterapia e o uso de nutracêuticos? Você recomenda?

É uma terapia que pode ser associadas com outras terapias para potencializar resultados como nutracêuticos, fitoterápicos, reiki, florais, alimentação natural, principalmente em animais com hiperatividade, medrosos ou até aqueles que têm problemas neurológicos. No caso de animais que apresentam convulsão, a associação da cromoterapia ao suplemento Maracujá pode ajudar muito. Há casos de animais com problemas de pele, em que associo com nutracêuticos e fitoterápicos, o que também aumenta a imunidade. Acredito que a associação da cromoterapia com outras terapias naturais potencializa os resultados de forma bastante positiva. 

4. Em quais casos pode ser usada para os pets?

A cromoterapia abrange vários aspectos dos tratamentos: doenças físicas já instaladas, questões emocionais e comportamentais. Além disso, pode ser usada para dores e inflamações, doenças crônicas. Uso bastante para o tratamento de ansiedade, que é extremamente comum e maior parte dos casos que atendo. Os animais absorvem muito padrões desequilibrados dos tutores e acabam precisando deste auxílio. Trato medo, ansiedade, compulsões por lambedura de patas, aves que arrancam as penas. Depressão tratamos com a cor laranja, pets que passam por fases de adaptação, por morte de outros animais ou quando chega um animal novo (não entendi se falta um pedaço). Existem vários estudos, como do médico dinamarquês Dr. Finsen, que fazia cura de doenças com azul, violeta, em época que ainda não havia sido descoberta a penicilina. Ele tratava tuberculose cutânea, que é uma doença que a bactéria corrói a pele, com as frequências das luzes de diversas cores. A violeta ajuda a melhorar o sistema imunológico, por exemplo.

5. Citar caso clínico, se possível.

Tenho vários casos clínicos de sucesso com o tratamento da cromoterapia como pós-operatório – para acelerar cicatrização das cirurgias, por exemplo. Casos de ansiedade de separação também. Tratei de um cachorrinho que a tutora precisou se ausentar e ele acabou ficando sozinho por dois dias e desenvolveu uma ansiedade muito grande a ponto dela não conseguir nem levar o lixo na rua que ele ficava com medo de ficar sozinho, batendo na porta e latindo muito. Neste caso fiz duas sessões de cromoterapia com reiki e ele voltou ao estado normal, com 100% de melhora.

Usamos para mudanças de rotina ou de comportamento também. Atendi uma cachorrinha idosa que em sua casa chegou um novo filhote e ela não conseguia se acostumar com a hiperatividade dele e também porque perdeu a atenção das crianças. Ela acabou desenvolvendo um caso de depressão e não reagia mais nem quando a tutora chegava em casa. Neste caso, fiz um tratamento com a cor amarela para trazer alegria, o rosa para diminuir a carência de atenção. Ela se adaptou bem com o filhote depois.

Além disso, já fiz tratamento de doenças físicas no meu pet idoso que desenvolveu um tumor de pele na cabeça, com características de malignidade. Consegui tratar essa formação com cromoterapia e reiki. Com o tempo ela foi reduzindo até desaparecer completamente. Isso usando as propriedades das cores, que são capazes de restringir o crescimento, amolecer e dissolver formações orgânicas. Por isso usamos muito para pele e órgãos dos animais. Já tratei também pós-operatório de câncer e para prevenir metástase. Agora estou tratando uma cachorrinha que foi adotada e tem pânico. Não sabemos a origem certa dela, então ela tem medo de pessoas, do prato de comida e etc. Está sendo tratada com cromoterapia e com o fitoterápico de Maracujá, da Botica Pets, e está respondendo muito bem.

Espero que vocês tenham gostado de saber da cromoterapia. E quem tiver interesse pode entrar em contato com a gente!

Elisangela Tavares é médica veterinária integrativa da OM Vet. É mestre de Reiki tradicional, Karuna Ki e Teramai. Especializada em Cromoterapia, Aromaterapia, Cristaloterapia e Florais de Bach. Também é  consultora de alimentação natural para cães e gatos, além de ministrar cursos e palestras sobre esses temas.

Fonte: Botica Pets

Post relacionado

Scroll Up